Um aplicativo pode ajudar a detectar apneia no sono

A apneia do sono é um distúrbio do sono muito comum, caracterizado por pausas na respiração e ronco periódico. Segundo alguns estudos, até dez por cento da população sofre com isso, mas até nove em cada dez casos permanecem sem diagnóstico, porque os sintomas às vezes são leves e há falta de recursos no diagnóstico. Como a apneia não tratada pode causar problemas graves de saúde, seria importante ter maneiras simples e baratas de monitorar e rastrear a doença.

Para resolver esse problema, estudantes finlandeses de ciência da computação desenvolveram um aplicativo para o Android, que ajuda a identificar os sinais de apneia do sono em casa. Joni Gardemeister, Jonatan von Martens e Sowrov Doha, que estudam inteligência artificial, aprendizado de máquina e ciência de dados na Aalto University, desenvolveram o aplicativo em colaboração com o Dr. Tapani Salmi, médico, Ph.D. e especialista em Neurofisiologia Clínica e Medicina do Sono.

O aplicativo ApneaTracker, desenvolvido pela equipe, monitora o ronco do usuário através de um microfone e a posição de dormir usando os sensores de um smartphone ou smartwatch. A forma clínica mais comum de apneia do sono leve e moderada é dependente da posição; as apneias ocorrem principalmente ao dormir de costas. Se ocorrerem pausas na respiração enquanto o usuário estiver dormindo de costas, o aplicativo detectará a situação e alertará o dorminhoco a mudar de posição.

Apneia obstrutiva do sono. Durante o sono, a gravidade e o relaxamento muscular permite com que a língua e tecidos moles ao seu redor repousem sobre a garganta obstruindo a passagem de ar.



“Sensores em dispositivos inteligentes são sensíveis e confiáveis. No entanto, ao realizar uma gravação doméstica, não é possível controlar se o usuário realiza a medição em condições ideais. A precisão dos alertas de apneia ainda não foi estudada. Felizmente, o aplicativo facilita a realização de medições repetidas, o que compensa a situação e aumenta a confiabilidade dos resultados ", diz Joni Gardemeister, um dos desenvolvedores.

De manhã, o aplicativo forma um resultado geral dos eventos da noite, dando uma ideia da quantidade de ronco e do número de pausas para respirar em diferentes posições. Os resultados são salvos no aplicativo, tornando mais fácil rastreá-los por um período mais longo.

O ApneaTracker é baseado inteiramente nos recursos de um dispositivo inteligente Android; portanto, o usuário não precisa de nenhum dispositivo adicional. O aplicativo é adequado para qualquer pessoa que suspeite que pode estar sofrendo de sintomas de apneia do sono ou que simplesmente queira acompanhar o sono. "Ele permite que você examine seu próprio ronco, pausas para respirar e dormir em casa em um limiar baixo - mesmo se você não tiver oportunidade de um estudo real do sono médico", acrescenta Gardemeister.


A apneia do sono não tratada é um sério risco à saúde


O diagnóstico da apneia do sono requer uma polissonografia, geralmente realizada apenas durante uma noite, em casa ou em um laboratório do sono de um hospital. A medição é trabalhosa e cara, e em alguns países, quase não existem recursos para fazer essas medições. Por esses motivos, o aplicativo pode ser de grande ajuda, pois permite monitorar o sono facilmente em casa.

No entanto, se alguém suspeitar que tem apneia do sono, deve sempre contactar o serviço de saúde. A apneia do sono não tratada pode causar sonolência diurna, tornar a pessoa mais suscetível a acidentes, mas também pode causar sérios riscos à saúde. Aumenta o risco de problemas de saúde, como hipertensão, doenças cardíacas e neurológicas.

A apneia do sono é mais comum em pessoas de meia-idade ou mais, e a obesidade é o principal fator de risco. À medida que a população envelhece e os níveis de obesidade aumentam em países com poucos recursos para a medicina do sono, existe o risco de uma epidemia de apneia do sono, diz o Dr. Tapani Salmi.

A aplicação é baseada em anos de trabalho de pesquisa que visa identificar distúrbios respiratórios e desenvolver algoritmos e liderada pelo Dr. Salmi. A precisão dos métodos foi estudada no Hospital Central da Universidade de Helsinque e os resultados foram publicados nos Estados Unidos no Journal of Clinical Sleep Medicine, Salmi diz. "Suponho que o ApneaTracker seja o primeiro projeto que ajuda a monitorar e tratar uma doença tão comum com o uso de um dispositivo móvel", observa ele.

Os desenvolvedores enfatizam que ApneaTracker não é um dispositivo médico, mas sim um aplicativo que promove saúde, sono e bem-estar. No entanto, com a ajuda do feedback coletado dos usuários, sua usabilidade e confiabilidade podem ser aprimoradas e desenvolvidas. Atualmente, as pessoas interessadas no aplicativo podem fazer o download gratuito da versão beta na loja de aplicativos do Google Play.

 

Texto traduzido e adaptado de https://medicalxpress.com/news/2020-07-apnea-health-threat-app.html

Mais informações: Download do app no Google Play: play.google.com/apps/testing/smartvalley.homesleep

 

https://www.scielo.br/pdf/jbpneu/v36s2/v36s2a10.pdf