Avaliação Neuropsicológica

O que é

O Resultado

É um relatório/laudo que auxilia de forma simples e eficaz você, o seu médico, psicólogos e até em decisões judiciais.

Avaliação Neuropsicológica Infantil

A avaliação neuropsicológica quando aplicada à população infantil, sua finalidade e execução têm peculiaridades específicas.

A avaliação neuropsicológica em crianças é feita para identificar e diagnosticar condições que podem afetar o desenvolvimento cognitivo e emocional, como transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), transtorno do espectro autista (TEA), dislexia e outras dificuldades de aprendizado. A avaliação envolve uma série de testes que avaliam diversos aspectos da função cognitiva, incluindo atenção, memória, habilidades linguísticas, funções executivas e habilidades visuoespaciais.

Os principais pontos que levamos em consideração quando avaliando crianças são:

  1. Desenvolvimento cognitivo contínuo: Em crianças, a cognição está em um processo constante de desenvolvimento e maturação. Os neuropsicólogos devem ter um conhecimento aprofundado das trajetórias normais de desenvolvimento para diferenciar entre variações normais e atípicas.
  2. Condições pediátricas específicas: Crianças podem enfrentar condições neurológicas ou de desenvolvimento específicas para a idade, como TDAH, TEA, e distúrbios de aprendizagem, que são menos comuns em adultos.
  3. Influência do ambiente escolar e familiar: Fatores ambientais desempenham um papel significativo na cognição das crianças. Assim, a avaliação neuropsicológica precisa considerar o contexto escolar e familiar da criança.
  4. Foco da avaliação: Em crianças e adolescentes, a avaliação geralmente se concentra em identificar deficiências que podem afetar o desempenho acadêmico e o comportamento social. Em contraste, em adultos e idosos, o foco pode estar mais na identificação de déficits que afetam a vida profissional ou independência.

Para realizarmos uma avaliação neuropsicológica eficaz em crianças, é essencial ter um conhecimento profundo do desenvolvimento cognitivo normal e patológico, além de uma compreensão das várias condições médicas, emocionais e sociais que podem influenciar o desempenho cognitivo. Desta forma, é possível fornecer um diagnóstico preciso e recomendações de tratamento apropriadas para essa população.

Avaliação Neuropsicológica Adulto

A avaliação neuropsicológica quando aplicada a adultos, fornece informações valiosas sobre a integridade do sistema nervoso central e pode auxiliar no diagnóstico e no acompanhamento de diversas condições médicas e psiquiátricas.

Pode ser usada para identificar e diagnosticar uma variedade de condições que afetam a função cognitiva, incluindo lesões cerebrais traumáticas, acidentes vasculares cerebrais, tumores cerebrais, doenças neurodegenerativas, como doença de Alzheimer e doença de Parkinson, e distúrbios psiquiátricos, como depressão e esquizofrenia. A avaliação envolve uma série de testes que medem diversos aspectos da função cognitiva, incluindo atenção, memória, habilidades linguísticas, funções executivas, e habilidades visuoespaciais.

A avaliação neuropsicológica é útil por várias razões:

  1. Identificação precoce de distúrbios neurológicos e psiquiátricos: A avaliação neuropsicológica pode detectar sutis deficiências cognitivas que podem ser indicativos iniciais de condições como doença de Alzheimer ou depressão, permitindo intervenções precoces e melhor prognóstico.
  2. Informações para o plano de tratamento: A avaliação neuropsicológica fornece informações detalhadas sobre as forças e fraquezas cognitivas de um indivíduo, ajudando a personalizar o plano de tratamento. Por exemplo, um paciente com déficits de memória pode se beneficiar de estratégias de reabilitação cognitiva focadas em técnicas de memorização.
  3. Acompanhamento da evolução da doença: A avaliação neuropsicológica pode ser usada para monitorar o curso de uma doença ao longo do tempo, o que pode fornecer informações úteis para ajustar o tratamento.
  4. Auxílio na decisões de retorno ao trabalho: Em casos de lesões cerebrais traumáticas ou outros distúrbios neurológicos, a avaliação neuropsicológica pode informar sobre a capacidade do indivíduo de retornar ao trabalho ou se precisará de acomodações no local de trabalho.

Para realizarmos uma avaliação neuropsicológica eficaz em adultos, é fundamental ter um conhecimento abrangente das normas cognitivas em adultos, bem como uma compreensão das várias condições médicas e psiquiátricas que podem afetar a função cognitiva. Com essa informação, é possível fornecer um diagnóstico preciso e recomendações de tratamento adequadas para essa população.

Avaliação Neuropsicológica Idoso

A avaliação neuropsicológica em idosos é realizada para detectar e diagnosticar condições neurológicas, como demência, doença de Alzheimer e outros distúrbios cognitivos que são mais comuns nessa população. O processo de avaliação envolve uma série de testes que medem diferentes aspectos da função cognitiva, como memória, atenção, linguagem, habilidades visuoespaciais, funções executivas e habilidades motoras.

Levamos em consideração diversos fatores quando avaliando idosos:

  1. Variação normal do envelhecimento: Em idosos, é essencial diferenciar entre o declínio cognitivo normal associado ao envelhecimento e o declínio patológico. Com o envelhecimento, algumas mudanças cognitivas são esperadas, como um ligeiro declínio na velocidade de processamento e na memória de trabalho, mas outras funções, como o conhecimento geral e as habilidades de vocabulário, geralmente permanecem estáveis ou até mesmo melhoram.
  2. Diferentes condições médicas: Em idosos, há uma maior probabilidade de condições médicas como hipertensão, diabetes e distúrbios do sono, que podem afetar a função cognitiva e devem ser consideradas na avaliação. 
  3. Fatores psicossociais: A solidão, a depressão e o estresse também são fatores comuns que podem afetar a função cognitiva nos idosos e precisam ser considerados durante a avaliaçã.
  4.  Aspectos de avaliação: A avaliação em crianças e adultos jovens geralmente se concentra em identificar deficiências que podem afetar o desempenho acadêmico ou profissional. No entanto, em idosos, o foco é mais na identificação de deficiências que podem afetar a independência e a qualidade de vida.

 Para realizarmos uma avaliação neuropsicológica eficaz em idosos, é fundamental ter uma compreensão abrangente das mudanças cognitivas associadas ao envelhecimento normal e patológico, bem como uma apreciação das várias condições médicas, emocionais e sociais que podem influenciar o desempenho cognitivo. 

O Processo

1ª. Entrevista 2ª. Observação 3ª. Avaliação 4ª. Resultado

Começamos pela identificação das queixas através de uma entrevista, tanto com o paciente quanto com familiares ou acompanhantes;

Em seguida, planejamos a Avaliação, todos os pacientes tem seu próprio caso, sendo assim avaliamos cada caso de forma diferente, onde testes e instrumentos cientificamente relevantes serão selecionados e utilizados;

Para a coleta de informações, realizamos sessões de acompanhamento com o paciente, sempre respeitando seu próprio ritmo e esclarecendo dúvidas ao longo do caminho. Observando com muita atenção nos pequenos detalhes do comportamento e nas ações do paciente a cada resposta.

Depois da coleta de informações, nós estudamos e avaliamos esses dados para que possamos gerar um relatório objetivo.  

Por se muito importante, nossos profissionais levam horas pesquisando e aperfeiçoando o relatório para que seja entregue com a maior qualidade possível.

Por fim, agendamos a devolutiva com o paciente, familiares e cuidadores.

Explicamos tudo o que foi investigado na Avaliação, discutimos as hipóteses a serem consideradas e nos colocamos à disposição do paciente e acompanhantes para esclarecer dúvidas sobre o processo e como progredir a partir dele.

Sala_4_tratado_9ab48bc5-e187-4243-ad85-81b1720bd853_1728x.jpg__PID:83c95396-ea54-4d7c-b81a-2abfb88a079d
Banheiro_tratado_1728x.jpg__PID:a4bf83c9-5396-4a54-9d7c-381a2abfb88a

The IBNeuro

Composed of a team of experts, we dedicate our knowledge to create a high-quality customer service experience. We offer a range of clinical services, expert-led online courses and an online store with tests and books.

Our clinic allows for maximum comfort and accessibility in all aspects of our work, with state-of-the-art facilities.

Whether caring, teaching or providing products, we are committed to your neuropsychological journey.