O que é a Reabilitação Neuropsicológica?

A Reabilitação Neuropsicológica é um processo que busca reduzir, compensar ou lidar melhor com as alterações cognitivas e comportamentais resultantes de uma disfunção ou lesão cerebral.

A Reabilitação Neuropsicológica também atua em casos que não há uma lesão propriamente dita, mas há alteração em sistemas e estruturas cerebrais, decorrente de quaisquer distúrbios neurológicos, nas diferentes faixas etárias.

Engloba um conjunto de intervenções voltadas para problemas não apenas cognitivos, mas também emocionais, comportamentais, sociais, causados ​​por danos cerebrais.

O enfoque das intervenções está na melhora do dia a dia da pessoa e de seus familiares, promovendo maior autonomia e qualidade de vida.

A Reabilitação Cognitiva tem como objetivo:

  • Recuperar ou restaurar a função cognitiva comprometida;
  • Potencializar a plasticidade cerebral ou a reorganização funcional por meio das áreas cerebrais preservadas;
  • Compensar as dificuldades cognitivas com meios alternativos ou auxílios externos que possibilitem a melhor adaptação funcional, e
  • Redução do impacto das alterações na vida desse indivíduo.

Como é o processo de reabilitação?

A Reabilitação é um trabalho multidisciplinar, que integra a participação de profissionais de neuropsicologia, psicologia, psicopedagogia, terapia ocupacional, fonoaudiologia e gerontologia. 

O treino cognitivo abrange intervenções voltadas para alterações específicas do funcionamento cognitivo, dentre elas, alterações de memória, atenção, funções executivas, linguagem, déficits visuoperceptivos e visuoespaciais.

Utiliza-se de métodos de recuperação das funções cognitivas e de estratégias compensatórias que visam reduzir o impacto desses problemas na vida diária dos pacientes.

Referencias:

Wilson, B. A. Memory rehabilitation: integrating theory and practice. New York: The Guilford Press, 2009.
Miotto, Eliane. Reabilitação neuropsicológica e intervenções comportamentais. ­ 1. ed. ­ Rio de Janeiro: Roca, 2015.