EUA aprova primeiro jogo 'terapêutico digital' para TDAH

As autoridades de saúde dos EUA aprovaram o primeiro tratamento baseado em jogos para crianças com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), parte de uma tendência para "terapêutica digital" ou software para lidar com certas condições.

A Food and Drug Administration (FDA) disse, na segunda-feira, que aprovou a venda por prescrição do jogo EndeavorRX da startup de tecnologia de saúde Akili Interactive para crianças de 8 a 12 anos que foram diagnosticadas com TDAH.

A FDA disse que esta foi a primeira terapêutica digital destinada a tratar o TDAH, bem como a primeira terapêutica baseada em jogos aprovada para qualquer tipo de condição.

O jogo, projetado para melhorar a função cognitiva, é projetado como parte de um programa que também pode incluir outros tipos de terapia, medicamentos e programas educacionais.

 

"O dispositivo EndeavorRx oferece uma opção não medicamentosa para melhorar os sintomas associados ao TDAH em crianças e é um exemplo importante do crescente campo da terapia digital e da terapêutica digital", disse Jeffrey Shuren, diretor do Centro da FDA que trata de dispositivos e saúde radiológica.

A terapêutica digital foi aprovada para certos tratamentos, como transtornos de vício e estão sendo testadas para uma série de outras condições, desde dor crônica até ansiedade.

A EndeavorRX permite que as crianças controlem personagens semelhantes a desenhos animados em um tipo de hoverboard e foi projetado para atingir e ativar sistemas neurais através de estímulos sensoriais e desafios motores para melhorar o funcionamento cognitivo.

"Estamos orgulhosos de fazer história hoje com a decisão da FDA", disse Eddie Martucci, diretor executivo da Akili.

"Com a EndeavorRx, estamos usando a tecnologia para ajudar a tratar uma condição de uma maneira totalmente nova, pois direcionamos diretamente a função neurológica através da medicina que parece entretenimento."

A aprovação da EndeavorRx acompanhou estudos de cerca de 600 crianças diagnosticadas com TDAH.

A empresa disse que a pesquisa constatou que após quatro semanas de tratamento da EndeavorRx, um terço das crianças não tinha mais um déficit de atenção mensurável em pelo menos uma medida de atenção objetiva e que cerca de metade dos pais viu uma mudança significativa nas deficiências diárias de seus filhos após um mês de tratamento com a EndeavorRx.

 

Para saber mais:

https://my.akili.care/endeavor/enrollment