A Neuropsicologia dos Transtornos Mentais

A neuropsicologia ajuda a entender como essas estruturas cognitivas agem nos transtornos psiquiátricos. Neste artigo abordamos o tema com muita responsabilidade para trazer a você mais conteúdo e informação de qualidade. 

Vamos para a leitura?

 

Transtornos Mentais


Os transtornos mentais são disfunções das atividades cerebrais que podem afetar diretamente o funcionamento das cognições atreladas aos processos psicológicos básicos como: 


Atenção

Percepção

Memória

Pensamento

Linguagem


Podendo assim, prejudicar o comportamento, o raciocínio e a aprendizagem de um indivíduo.

 

Neuropsicologia 

 

Baseado em evidências científicas, a neuropsicologia ajuda a entender como essas estruturas cognitivas agem nos transtornos psiquiátricos. 


Facilitando assim, o diagnóstico clínico do profissional e permitindo correlações entre os resultados obtidos na avaliação neuropsicológica e o quadro clínico do paciente.


Por meio de instrumentos neuropsicológicos, é possível realizar avaliações sobre as funções cognitivas. 


Com a execução de tarefas de distintos níveis de complexidade, essas ferramentas também estimulam o desenvolvimento do paciente, ajudando no processo de recuperação. 


Alguns exemplos de atividades que atuam nesse sentido são a Torre de Londres (aplicada no processo de avaliação) e a Torre de Hanoi (aplicada no processo de recuperação).


Nesse contexto, a Neuropsicologia possibilita um aprimoramento na classificação diagnóstica do paciente, além de um planejamento clínico mais eficaz, tornando a avaliação e o tratamento de transtornos mentais mais assertivos.


Você já conhecia esse tema?