Avaliação neuropsicológica

A avaliação neuropsicológica busca verificar a extensão do comprometimento de uma certa habilidade e tentar determinar a área do cérebro que pode ter sido danificada após uma lesão cerebral ou doença neurológica ou neurodegenerativa.

Como é feita?
Uma parte essencial da avaliação neuropsicológica é a administração de testes neuropsicológicos para a avaliação formal da função cognitiva, embora o teste neuropsicológico seja mais do que a administração e classificação de testes e ferramentas de triagem. Por isso, é fundamental uma especialização na área.

Aspectos do funcionamento cognitivo que são avaliados incluem tipicamente orientação, aprendizagem/memória, inteligência, linguagem, percepção e funções executivas. No entanto, a avaliação neuropsicológica é mais do que isso e também se concentra nas circunstâncias psicológicas, funcionais, pessoais, interpessoais.

Quando a avaliação neuropsicológica é recomendada?
Normalmente, uma avaliação deste tipo são solicitadas por neurologistas, neurocirurgiões, geriatras, psiquiatras e pediatras. Psicólogos clínicos, fonoaudiólogos e pedagogos também solicitam avaliação com bastante frequência. A avaliação neuropsicológica pode ser necessária por várias razões, tais como:

  • Avaliação clínica, para entender o padrão de forças cognitivas, bem como quaisquer dificuldades que uma pessoa possa ter, e para auxiliar na tomada de decisões para uso em um ambiente médico ou de reabilitação.
  • Investigação científica, para examinar uma hipótese sobre a estrutura e função da cognição a ser testada, ou para fornecer informações que permitam que o teste experimental seja visto no contexto de um perfil cognitivo mais amplo.
  • Avaliação jurídica, para ser usado em um tribunal como prova em uma reivindicação legal ou investigação criminal.

Quanto tempo leva?
O tempo necessário para a avaliação irá depender de cada caso, pois o objetivo pode ser específico ou amplo, o paciente pode ser mais rápido ou mais lento, o caso pode ser mais simples ou mais complexo...

Normalmente, se a avaliação busca apenas a confirmação de um diagnóstico, como demência por exemplo, poucas sessões de uma hora cada podem ser suficientes. Se o objetivo da avaliação é mais amplo (como conhecer as dificuldades e as habilidades preservadas) então pode-se levar até oito ou dez sessões desde a anamnese inicial até a entrega do laudo final.

As sessões podem ser realizadas diariamente ou semanalmente, dependendo da necessidade do caso e da experiência e modo que cada profissional trabalha.

Quanto custa uma avaliação neuropsicológica?
O valor pode variar muito, dependendo da experiência do profissional, do lugar ou região onde é feita, da complexidade do caso etc. Porém, não costuma ser uma avaliação barata! O profissional cobra por hora de trabalho, incluindo anamnese com familiares, aplicação, correção e interpretação de testes e instrumentos, além da elaboração do laudo. Além disto, o profissional deve repassar os valores dos instrumentos e testes utilizados, que podem ser caros.

Portanto, desconfie se um profissional cobra muito abaixo do valor de mercado. Muitas vezes, o profissional que encaminhou para uma avaliação poderá pedir para que esta seja refeita, caso não contenha todas as informações necessárias. Então, o que deveria ser barato pode sair ainda mais caro. O ideal é consultar preços e obter uma média do mercado. Normalmente, planos de saúde não cobrem este serviço.

Uma boa estimativa do custo pode ser obtida através de consulta no site do Conselho Federal de Psicologia. Os valores recomendados pela sessão de cada serviço pode ser multiplicado pelo número de sessões previstas pelo profissional: https://site.cfp.org.br/servicos/tabela-de-honorarios/ 

 

Lembre-se! Uma avaliação neuropsicológica deve ser realizada por um profissional especialista na área. Na dúvida, consulte o Conselho Regional de Psicologia para consultar se o profissional é especialista e se está regular para exercer a profissão.

 

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados